Meu nome:

Minha foto
Um dia, resolvi fazer a brincadeira de ir revendo a vida desde que nasci, e fui contando assim, livremente, no ouvido de quem mais amo, a trajetória toda. Eles amavam em silêncio, a minha vida em capítulos. Com meus filhos, tenho a mais bela história de amor da minha vida. É uma mágica em que vamos tecendo um laço cada vez mais apertado. Eles dão sentido a minha vida. Eu dou sentido a vida deles. E então: somos felizes assim, um sendo a alma da vida do outro. Existem as diferenças, mas elas furam todas as ondas. Não interessa o que difere, interessa o que nos une e, juntos, vamos inteiros vida afora.

AFETO COM AÇÚCAR E CANELA

AFETO COM AÇÚCAR E CANELA
*Se alguma foto ou matéria publicada aqui no blog estiver em desacordo com os direitos de propriedade, por favor me envie um e-mail que farei a devida correção ou a retirarei do blog, fica a seu critério.*

ara onde quer que vá, vá de todo coração. (Confúcio)

"Olá, Diga Bom Dia com Alegria, Boa Tarde, sem Alarde, Boa Noite, sem Açoite ! E Viva a Vida, com Alegria e Fantasia..." (Lenine)

“As Pessoas Mais Felizes:

São Aquelas Que Não Têm

Nenhuma Razão Específica

Para Serem Felizes...

Exceto Pelo Fato Que Elas São.”


Para onde quer que vá, vá de todo coração. (Confúcio)









quinta-feira, 2 de fevereiro de 2012

10 lições sobre o amor


1 – “Dê a quem você ama: asas para voar, raízes para voltar e motivos para ficar” – Dalai Lama, líder espiritual


2 – “Purifica o teu coração antes de permitires que o amor entre nele, pois até o mel mais doce azeda em um recipiente sujo” Pitágoras, filósofo


3 – “Quem começa a explicar o amor, a qualificá-lo e quantificá-lo, já não está amando” Roberto Freire, escritor


4 – “Quando se ama não é preciso entender o que se passa lá fora, pois tudo passa a acontecer dentro de nós” Clarice Lispector, escritora


5 – “Temer o amor é temer a vida, e os que temem a vida já estão meio mortos” Bertrand Russel, filósofo


6 – “Enquanto não atravessarmos a dor de nossa própria solidão, continuaremos a nos buscar em outras metades. Para viver a dois, antes, é necessário ser um” Fernando Pessoa, escritor


7 – “O Oposto do amor não é o ódio, mas a indiferença” Érico Veríssimo, escritor


8 – “É mais fácil ser amante do que marido, pois é mais fácil dizer coisas bonitas de vez em quando do que ser espirituoso dias e anos a fio” Honoré de Balzac, escritor


9 – “Enquanto há suspeita amorosa, o amor aumenta; quando surgem razões que fundamentam a suspeita, o amor é expulso” Lopes de Vega, dramaturgo


10 – “Amores superficiais a gente ama em cima do edredom. Lençol é coisa muito séria” Tati Bernardi, escritora


Fonte: Revista Gloss Ed. Jun/2011

Nenhum comentário:

Postar um comentário